Atividades
Programa de Exercício Supervisionado

No contexto da pandemia da COVID-19, a CLINIMEX inovou e está realizando avaliações em Medicina do Exercício e programas de exercício com supervisão médica - em formatos presencial e/ou remoto (Telemedicina), oferecendo atendimentos personalizados com altos patamares de qualidade para clientes de todas as idades, com as mais variadas condições e complexidades clínicas e com os mais distintos objetivos. 

 Programas de exercício: 

 - programa de exercício supervisionado (convencional - presencial)  - PES

- programa de exercício domiciliar orientado - PEDO

- orientação de programa individualizado orientado  - OPEI

- sessões coletivas e remotas de exercício  -SCRE

- CLINIMEX-home 

 

Sempre dentro dos princípios éticos mais rigorosos da boa prática médica, a nossa equipe está pronta para manter o seu cliente fisicamente ativo e otimizar a aptidão física aeróbica e não-aeróbica. Para saber mais, assista os vídeos a seguir. Como habitual, desde já, nos colocamos ao seu inteiro dispor, para quaisquer outros esclarecimentos adicionais que, porventura, sejam do seu interesse.

 

 

 

 

 

 

 

O Programa de Exercício Supervisionado (PES)

Como é a sessão de exercício supervisionado?

O atendimento é personalizado e consiste de 3 etapas:

Atendimento Clínico inicial – com uma breve anamnese com o médico do exercício, medidas de peso, pressão arterial e frequência cardíaca (FC) de repouso. Dependendo da condição clínica, podem ser feitas outras medidas como saturação arterial de oxigênio, fluxo expiratório de pico, eletrocardiograma (1 derivação) e dosagem da glicemia. 

A seguir, o médico prescreve a parte aeróbica da sessão.

Parte aeróbica – Dura cerca de 30 minutos, podendo ser feita em um ou mais equipamentos – esteira rolante, ciclo de perna ou de braço, remo ou skierg. Ainda em função da condição clínica, poderão ser obtidas medidas de frequência cardíaca, pressão arterial e de saturação arterial de oxigênio e ainda monitorado e/ou registrado o eletrocardiograma ou utilizado concentrador de oxigênio.

Parte não-aeróbica – Possui a duração de até 30 minutos, consistindo primariamente de exercícios de flexibilidade, de sobrecarga muscular, de equilíbrio e de coordenação motora. Dependendo do caso clínico, são também realizados treinamentos muscular inspiratório e isométrico manual. Esses exercícios são acompanhados, de modo individualizado, pelos profissionais de Educação Física e de Fisioterapia.

O treinamento muscular inspiratório (TMI) é realizado com equipamento PowerBreath e é prescrito para pacientes que apresentam musculatura diafragmática deficiente, com histórico de intubação orotraqueal prolongada ou cirurgia torácica recente ou doença pulmonar obstrutiva crônica.

Pes Tipo I – Clientes que possuem uma condição estável que demanda menor supervisão médica. Em princípio, não precisam fazer eletrocardiograma de repouso e de esforço com regularidade e não se utilizam do saturimetro de oxigênio ou do “peak flow meter”, limitando-se ao uso regular do monitor de freqüencia cardiaca – Polar – para melhor controle da sua intensidade de exercício. Ex. saudáveis e portadores de hipertensão arterial leve ou controlada e/ou obesidade de grau leve a moderado.

Pes Tipo – II e III – Clientes que demandam uma atenção médica mais próxima. Incluindo aqueles que: 

a) possuem doença arterial coronariana manifesta, doença valvar importante ou outra doença cardíaca relevante, 

b) possuem doença pulmonar significativa inclusive com necessidade de oxigênio suplementar e uso constante de oxímetros de pulso, 

c) se encontrem com obesidade acentuada, 

d) apresentam doença arterial periférica e/ou diabetes melito importante,

 e) possuem idade avançada (maior do que 80 anos) e 

f) tenham qualquer outra condição clínica ou física que represente um risco aumentado para a prática do exercício físico.